Documento sem título
Porto Alegre, 12 DEZ 2017.
NEWSLETTER
   
   
Documento sem título
Home
História
Estatuto
Regimento
Regras
Títulos
Campeões
Newsletter
Galeria de fotos
Links
Competições
Contato
Notícias
Destaques
Classificados


FILIADA

  Documento sem título
 

AFUMEPA DIVIDE A PRIMEIRA COLOCAÇÃO NO ESTADUAL DE LISOS COM A AFM CAXIAS, MAS FICA COM O VICE PELOS CRITÉRIOS.

23.01.2009 — TABELA DO TROFÉU DE VERÃO ++Leia mais++

18.11.2008 — BANDEIRA CONQUISTADA ++Leia mais++

 

 


COMO CHEGAR

VER NO GOOGLE MAPS

Regimento Interno

REGIMENTO INTERNO

 

Conheça nosso Regimento Interno. É ele que traz elencadas as finalidades da associação, os critérios de ingresso no quadro social e divide os atletas por categorias. Determina, ainda, quais os campeonatos que compõem a temporada, sua duração, bem como estabelece normas para o comportamento dos associados antes, durante e após as partidas. Enfim, fixa toda a organização da AFUMEPA.

CLIQUE AQUI para fazer o download completo.

 

REGIMENTO INTERNO

 

1 - FINALIDADES
1.1- A AFUMEPA foi criada com a finalidade de incrementar a prática do futebol de mesa, adotando, incentivando e divulgando a regra brasileira, além de manter o intercâmbio com entidades congêneres praticantes deste esporte.

 

2 - SÓCIOS

2.1- Poderão pertencer ao quadro social da AFUMEPA pessoas de ambos os sexos, adeptas ao futebol de mesa, as quais poderão ser distribuídas, para efeito de competições, da seguinte forma:
2.1.1- Categoria júniores: até 15 anos incompletos.
2.1.2- Categoria especial: maiores de 15 anos, ou a critério da diretoria.

2.2- As mensalidades serão estabelecidas pela diretoria, de acordo com as necessidades da AFUMEPA, tendo como data limite para pagamento o dia 05(cinco) do respectivo mês, podendo, a partir do vencimento ser estabelecidos acréscimos moratórios, desde que instituídos pela diretoria, mediante comunicado publicado no quadro de avisos da entidade, estabelecendo a vigência dos encargos a partir do 30º dia da publicação.

2.3-Para ser aceito no quadro social da AFUMEPA, o interessado deverá preencher os seguintes requisitos:

a) Ser apresentado por associado.
b) Preencher a ficha-proposta de sócio.
c) Ter aprovada a sua admissão pela diretoria.
d) Sujeitar-se às normas do estatuto e deste regimento interno.
e) Fornecer 02 (duas) fotos 3x4 atualizadas.

2.4- A sede da AFUMEPA estará a disposição dos associados em dias e horários previamente divulgados.

2.5- Para freqüentar a sede da entidade (para participar das competições internas da AFUMEPA; de jogos amistosos; ou ainda, para meros treinamentos) e representar a AFUMEPA em competições externas, os associados deverão estar com a mensalidade do mês anterior devidamente paga, bem como, não ter qualquer débito com a tesouraria.
2.5.1- Sócios que eventualmente participarem de competições, em desacordo com o disposto no item anterior, perderão automaticamente os pontos conquistados.
2.6- Em competições externas é obrigatório o uso de fardamento da AFUMEPA.

 

3 - COMPETIÇÕES
3.1- Durante os jogos é exigido o máximo silêncio de parte dos árbitros, técnicos e platéia.
3.2- Todo associado, no momento das inscrições para competições oficiais da AFUMEPA, deverá colocar á disposição da entidade, horários suficientes para elaboração da tabela de jogos.
3.3- Antes do início de cada competição oficial será eleito pelos sócios presentes um tribunal de justiça, composto de 03 (três) elementos titulares, sendo um deles obrigatoriamente o diretor técnico da AFUMEPA, e 03 (três) suplentes, com a finalidade de julgar recursos, casos omissos e duvidosos que ocorram durante a competição.
3.4- As datas e horários nos quais cada associado deverá atuar como técnico ou árbitro, constarão da tabela de jogos da competição, a qual será divulgada sempre antes do início da mesma (antecedência mínima de uma semana) devendo os técnicos estarem presentes em condições de atuar no horário estipulado para os jogos que lhe corresponderem.
3.5- Se um técnico não puder comparecer para disputar jogo em data ou horário estabelecido na tabela de jogos da competição, deverá manter contato com o adversário, até duas horas antes do inicio da partida, sendo válido contato via e-mail ou mensagem de texto pelo telefone móvel, desde que comprovada oportunamente, pelo técnico "ausente", a confirmação de recebimento por parte do seu adversário.
3.5.1- Se um técnico comparecer para disputar a partida fora do horário estabelecido na tabela de jogos, será permitido pela diretoria técnica da AFUMEPA que essa partida seja disputada, no decurso da respectiva rodada, desde que ela não tenha sido iniciada há mais de 10 (dez) minutos. Caso contrário, poderá tentar a realização desse jogo, em outro dia e horário, desde que obtenha a concordância do seu adversário, e, que seja realizado, no máximo, até o 15º (décimo quinto) dia após a data original, não podendo contudo, ultrapassar a véspera da data da última rodada prevista para a competição.
3.6- Caso algum técnico não compareça para a disputa da partida marcada na tabela, poderá tentar a realização dela, desde que obtenha a concordância do seu adversário, e, que seja realizado, no máximo, até o 15º (décimo quinto) dia após a data original, não podendo contudo, ultrapassar a véspera da data da última rodada prevista para a competição e tenha cumprido o disposto no item 3.5.
3.6.1-O prazo de 15 (quinze) dias estabelecido no item 3.6, no caso de impedimentos por motivos profissionais e/ou de saúde, previamente comunicados pelo associado à Diretoria Técnica, passará a ser contado a partir do dia da realização da sua primeira partida disputada quando do seu retorno.

3.6.2- Não serão permitidas transferências de jogos marcados como “problemáticos“.

3.7- Se um técnico não comparecer para disputar jogo na data e/ou horário estipulado na tabela, nem disputá-la no prazo e condições estipulados no ítem 3.6 acima, será declarado derrotado por WO, pelo escore de 1 x 0.
3.7.1- Caso algum técnico venha a auferir benefícios através da derrota por WO, o assunto será objeto de avaliação pela diretoria, devendo tais benefícios serem revogados.
3.8- Todo o associado que for declarado derrotado por WO por 03 (três) vezes ou mais, em datas diferentes, durante a mesma competição, deverá apresentar justificativa formal, considerada aceitável pelo tribunal de justiça, no prazo máximo de 10 (dez) dias, contados a partir da data prevista para realização do jogo em questão. Caso isso não ocorra, o associado será afastado da competição, podendo, a critério da diretoria, ser eliminado do quadro social.
3.8.1- Caso este associado não tenha disputado setenta por cento ( 70%) das suas partidas previstas no carnê da competição, todos os seus pontos obtidos serão anulados, considerando-se como derrotado por WO nestas partidas.
3.9- Os jogos problemáticos (dias e/ou horários dos técnicos não coincidem) serão divulgados na tabela de jogos da competição, juntamente com a data-limite para acordo. Até esta data, os associados envolvidos poderão estabelecer data, horário e arbitragem para realização do jogo.
3.10- Se expirado o prazo estipulado na tabela para acordo em relação a jogo problemático e o mesmo não tiver ocorrido o diretor técnico determinará data e horário para realização do mesmo , que não poderá ultrapassar o sétimo dia após o prazo inicialmente previsto na tabela para acordo . Será dada preferência para fixação da data e horário, ao técnico que colocou à disposição da entidade maior número de horários.

 

4 - EQUIPES
4.1- Todo técnico deverá ter o nome do seu time registrado na ficha social.
4.1.2- Não será aceito o registro com nome já registrado por outro associado.
4.1.3- As mudanças de nomes de time deverão ocorrer antes das competições.

 

5 - ÁRBITROS
5.1- Todos os associados poderão ser designados como árbitros dos jogos oficiais, desde que os adversários tenham solicitado a diretoria técnica no prazo mínimo de 10(dez) dias antes da realização das partidas.
5.2- São deveres do árbitro:
a) Conferir o preenchimento da súmula por parte dos técnicos.
b) Fazer respeitar o silêncio durante os jogos.
c) Aplicar corretamente a regra brasileira de futebol de mesa.
d) Solicitar a cada técnico o fornecimento de uma bola para utilização durante o jogo.

 

6. CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA
6.1- As classificações finais da temporada da AFUMEPA, nas modalidades livre e liso, serão apuradas através do somatório dos pontos atribuídos às colocações obtidas nas competições internas das respectivas temporadas e modalidades, separadamente.
6.2- A temporada inicia em julho, e termina em junho do ano seguinte, sendo composta das seguintes competições:
Para a modalidade livre:
a) Torneio de Abertura
b) Troféu de Inverno
c) Troféu Cidade de Porto Alegre
d) Torneio de Aniversário
e) Troféu Verão
f) Troféu AFUMEPA
Para a modalidade liso:
a) Torneio de Abertura
b) Troféu Cidade de P.Alegre
c) Torneio Farroupilha
d) Troféu AFUMEPA
6.2.1- O Troféu AFUMEPA e o Troféu CIDADE de Porto Alegre, serão disputados preferencialmente em sistema de dois turnos, com confronto direto entre todos os técnicos de uma mesma divisão a cada turno, definindo-se a classificação pela soma dos pontos obtidos ao longo dos dois turnos.
6.2.2- Os Torneios, serão disputados no formato de chaves com três, quatro ou mais participantes, classificando-se dois técnicos por chave, até as fases eliminatórias (mata-mata). Cada um dos Torneios será realizado em único dia, iniciando-se pela manhã e concluindo-se ao anoitecer, com a solenidade de encerramento para entrega dos troféus. O número limite de participantes será de 32 ( trinta e dois), sendo que se houver um número maior de interessados na disputa, as vagas serão preenchidas com os técnicos participantes da primeira divisão da última competição concluída, mais os técnicos melhores classificados da segunda divisão da referida competição, até completar-se o número limite de 32(trinta e dois).
6.3- Os critérios de desempate para estas competições serão os seguintes:
6.3.1- Para campeão
a) Entre duas equipes
- Jogo desempate (2x25 minutos)
- Prorrogação (2x10 minutos)
- Número de vitórias no confronto direto (sem saldo de gols)
- Maior número de vitórias
- Melhor saldo de gols
- Melhor ataque
- Pênaltis á distancia ( 5, 3 e 1)
b) Entre mais de duas equipes
- As duas melhores equipes, conforme critérios abaixo, disputarão o título de acordo com o estabelecido no ítem a.
- Número de vitórias no confronto direto (sem saldo de gols)
- Maior número de vitórias
- Melhor saldo de gols
- Melhor ataque
- Pênaltis á distancia
6.3.2- Para as demais posições (entre duas ou mais equipes)
- Número de vitórias no confronto direto (sem saldo de gols)
- Maior número de vitórias
- Melhor saldo de gols
- Melhor ataque
- Pênaltis á distancia

6.4- Os critérios de desempate para a primeira fase do Troféu de INVERNO são as seguintes:

- Maior número de vitórias
- Defesa menos vazada
- Pênaltis á distância

6.5- A pontuação das competições Troféus de Inverno, Cidade de P.Alegre e Afumepa é a seguinte:
Primeiro lugar - 12 pontos
Segundo lugar - 08 pontos
Terceiro lugar - 06 pontos
Quarto lugar - 05 pontos
Quinto lugar - 04 pontos
Sexto lugar - 03 pontos
Sétimo lugar - 02 pontos
Oitavo lugar - 01 ponto
6.6- A pontuação para o Troféu Verão é a seguinte:
Primeiro lugar - 6 pontos
Segundo lugar - 4 pontos
Terceiro lugar - 2 pontos
Quarto lugar - 1 pontos

6.6.1- A pontuação para os Torneios, tanto na modalidade livre quanto lisos é a seguinte:

Primeiro lugar - 4 pontos
Segundo lugar - 2 pontos
Terceiro lugar - 1 ponto

6.7- A representação da AFUMEPA para competições externas,obedecerá o seguinte:
Para a modalidade lisos:
- Para o Estadual de Lisos estarão classificados, os técnicos que possuírem o maior somatório de pontos no ranking da última temporada concluída.
- Demais competições da modalidade lisos participarão os técnicos melhores classificados na última competição longa concluída( Troféu Cidade ou Afumepa).
Para a modalidade livre:
- O Campeão da Temporada estará classificado para todas as competições, sendo que para participar do Estadual de Equipes terá que participar do Troféu Verão do mesmo ano.
- Para o Estadual de Equipes estarão classificados os melhores técnicos do Troféu Verão, do mesmo ano, mais o Campeão da Temporada se atendida a condição do item anterior.
- Para o Estadual Especial estarão classificados além do Campeão da Temporada e do árbitro da Taça RS do ano anterior, os técnicos que possuírem o maior somatório de pontos no ranking das competições Troféu Cidade de P.Alegre e Troféu Afumepa.
- Para a Taça RS estará classificado além do Campeão da Temporada, o técnico melhor classificado no Troféu de Inverno.
- Demais competições participarão os técnicos melhores classificados na última competição concluída, exceto Troféu Verão e Torneios.
6.7.1- Caso o número de vagas para qualquer competição externa, seja superior ao número de técnicos com pontos, conforme estabelecido no item anterior, as vagas restantes serão preenchidas pelos técnicos com maior número de pontos na última temporada concluída.
6.7.2- Nos Campeonatos Estaduais Especiais será assegurada uma vaga para o associado, que representar a AFUMEPA como árbitro na Taça Rio Grande do Sul do ano anterior.
6.8- Em caso de empate na soma dos pontos ao final da temporada, serão adotados os seguintes critérios:
6.8.1- Entre dois técnicos
- Jogo desempate (2 x 25 minutos)
- Prorrogação (2 x 10 minutos)
- Pênaltis á distância
6.8.2- Entre mais de dois técnicos
- Torneio em turno único, com critérios iguais ao artigo 6.3.1 b.
6.9- Ao final de cada campeonato e da Temporada, serão premiados com troféus, o Campeão e o Vice.

 

7 - DIVISÕES TÉCNICAS
7.1- Nas competições Troféu CIDADE de P.Alegre e Troféu AFUMEPA, os participantes serão distribuídos em duas ou mais DIVISÕES técnicas, ressalvando-se o disposto no item 7.10.
7.2- Nestas competições, a pontuação de colocação citada no ítem 6.5 somente será atribuída para a primeira divisão.
7.3- A primeira divisão contará no máximo com 24 participantes.
7.4- O ascenso e descenso entre as DIVISÕES será efetuado da seguinte forma:
7.4.1- Não havendo abandonos, desistências ou licenças durante a competição da primeira divisão, ou ainda havendo aumento no número de participantes na primeira divisão para a próxima competição :
7.4.1.1- Os dois últimos colocados nesta competição da primeira divisão estarão automaticamente rebaixados para a segunda divisão na próxima competição.
7.4.1.2- Os dois primeiros colocados na competição da segunda divisão estarão automaticamente promovidos para a primeira divisão na próxima competição.
7.4.1.3- O antepenúltimo colocado e seu anterior na competição da primeira divisão, juntamente com o terceiro e quarto classificados na competição da segunda divisão, disputarão torneio classificatório, que apontará quais os dois técnicos que participarão da primeira divisão na próxima competição.
7.4.2- Havendo um abandono, desistência ou licença durante a competição da primeira divisão, ou havendo aumento de uma vaga no número de participantes na primeira divisão para a próxima competição :
7.4.2.1- O último colocado entre os que finalizarem a competição da primeira divisão estará automaticamente rebaixado para a segunda divisão na próxima competição.
7.4.2.2- Idem 7.4.1.2
7.4.2.3- O penúltimo e antepenúltimo colocados entre os que finalizarem a competição da primeira divisão, juntamente com o terceiro e quarto classificados da segunda divisão, disputarão torneio classificatório, que apontará dois técnicos que participarão da primeira divisão na próxima competição.
7.4.3 -Havendo dois abandonos, desistências ou licenças durante a competição da primeira divisão, ou havendo aumento de duas vagas no número de participantes na primeira divisão para a próxima competição :
7.4.3.1- Idem 7.4.1.2
7.4.3.2- Os dois últimos colocados entre os que finalizarem a competição da primeira divisão, juntamente com o terceiro e quarto classificados da segunda divisão disputarão torneio, que apontará dois participantes da primeira divisão na próxima competição.
7.4.4- Havendo três abandonos, desistências ou licenças durante a competição da primeira divisão ou havendo aumento de três vagas no número de participantes na primeira divisão para a próxima competição :
7.4.4.1- Idem 7.4.1.2
7.4.4.2- O último colocado entre os que finalizarem a competição da primeira divisão, juntamente com o terceiro e quarto classificados da segunda divisão , disputarão torneio classificatório, que apontará os dois técnicos que participarão da primeira divisão na próxima competição.
7.4.5- Havendo quatro ou mais abandonos, desistências ou licenças durante a competição da primeira divisão:
7.4.5.1- Os quatro primeiros colocados da segunda divisão serão promovidos para a primeira divisão na próxima competição, não havendo neste caso rebaixamento de técnico da primeira para a segunda divisão , nem realização de torneio classificatório.
7.5- Os torneios classificatórios serão disputados em dois turnos, devendo ser iniciados quinze dias após o final das suas competições de origem (Troféu CIDADE de P.Alegre e AFUMEPA).
7.5.1- Os critérios de desempate para os torneios classificatórios serão os mesmos do item 6.3.
7.6- Todo associado que se licenciar, não disputar ou não concluir sua participação no Troféu CIDADE de P.Alegre ou Troféu AFUMEPA, quando do seu retorno, disputará a primeira competição a realizar-se, em divisão inferior que se encontrava quando do seu afastamento, enquadrando-se, a partir daí, segundo o disposto no item 7.4
7.7- Se o número de participantes da primeira divisão não tiver atingido o limite máximo de 24, a diretoria poderá propor ao Conselho Administrativo a elevação. Serão promovidos da segunda divisão tantos técnicos quantas forem as vagas. Os técnicos promovidos serão os primeiros colocados na segunda divisão. Neste caso, não será realizado o torneio classificatório, e para o descenso aplicar-se-á o disposto no item 7.4.
7.7.1- Havendo disputa do Torneio Classificatório, e ocorrendo desistências no período entre duas competições oficiais, a diretoria poderá incluir tantos técnicos, quantas forem as desistências.
7.8- Os Troféus de Inverno e Verão serão disputados sem distinção de DIVISÕES.
7.9- O Troféu de Inverno será disputado em duas fases:
7.9.1- Na primeira fase, os participantes serão divididos em duas chaves, cuja formação obedecerá as respectivas classificações obtidas no Troféu Afumepa da temporada.
7.9.2- A chave I será formada pelos técnicos que obtiverem as colocações ímpares da primeira divisão, mais os técnicos que obtiverem as colocações pares da segunda divisão.
7.9.3- A chave II será formada pelos técnicos que obtiverem as colocações pares da primeira divisão, mais os técnicos que obtiverem as colocações ímpares da segunda divisão.
7.9.4- Na segunda fase, os quatro melhores classificados de cada chave disputarão octogonal decisivo.
7.9.5- Caso algum técnico não se inscreva para a disputa do Troféu de INVERNO, a vaga será preenchida pelo (s) técnico (s) classificados imediatamente após.
7.10- A diretoria poderá propor ao conselho administrativo a fusão de DIVISÕES , de acordo com os interesses da entidade.

 

8 - DISPOSIÇÕES GERAIS
8.1- Os pedidos de licença serão submetidos á apreciação da diretoria.
8.2- Para concessão de licença é necessário que o associado esteja em dia com a tesouraria.
8.3- As licenças somente poderão ser solicitadas no período de março a outubro de cada ano, e terão prazo máximo de 6 (seis) meses, podendo ser renovadas.
8.3.1- Ao se licenciar o técnico poderá manifestar interesse em manter o registro de seu time. Porém tal nome poderá ser usado por outro técnico durante seu período de afastamento.
8.3.2- Tal preferência se dará, ao técnico solicitante com matrícula mais antiga na associação.
8.3.3- Quando do retorno de seu período de licença, o técnico poderá solicitar novamente o registro de seu time, que se efetivará na primeira competição que tomar parte.
8.4- Todo associado que acumular três mensalidades não pagas poderá ser eliminado do quadro social, a critério da diretoria.
8.5- Toda ocorrência disciplinar será registrada na ficha social e levada à apreciação da diretoria, ficando o associado sujeito a advertência, suspensão ou eliminação do quadro social, conforme a gravidade da mesma.
8.6- A eliminação do associado do quadro social, independentemente do motivo, veta a possibilidade de readmissão .
8.7- Todos os associados deverão manter atualizados seus endereços residenciais e profissionais perante a AFUMEPA.
8.8- O prazo máximo para apresentação de recursos será de 7 (sete) dias, contados a partir da data do fato gerador do recurso.
8.9- Os casos omissos serão julgados pela diretoria.

 

O presente documento consolida o regimento interno da AFUMEPA, tendo sido aprovado em reunião da Assembléia Geral Extraordinária, realizada no dia 14/03/2005, tendo tido alterações nos ítens que tratam dos WOs, mensalidades e premiações em Assembléia Geral Extraordinária realizada no dia 16/01/2006 e sobre a inclusão da modalidade lisos em 09/04/2007, sobre a inclusão dos torneios nas modalidades livre e liso no dia 31/03/2008.

 

 


 

Melhor visualizado em 1024 X 768

  Topo     Home  
 
   
 
Rua Felisberto Pereira, 421 (SAJI) - Bairro Jardim Itú
CEP 91.380-440 - Porto Alegre/RS
Fone: (51) 81126904